Grupo de Pesquisa em Bioquímica e Toxicologia em Caenorhabditis elegans

Monitormaneto ecotoxicolÓgio da bacia do rio uruguai médio utilizando caenorhabditis elegans

WhatsApp Image 2020-09-23 at 13.29.33.jp

Gostou do assunto? Então vem conferir o IGTV (clique na imagem acima) sobre o projeto de mestrado da Eugenio Kuhn, formada em aquicultura e que utiliza o Caenorhabditis elegans  para o monitoramento do Rio que banha a nossa cidade de Uruguaiana -RS.

Especial Corona Virus

Estamos enfrentando um período difícil de pandemia, então resolvemos trazer a população informações necessárias de cuidados básicos para que possamos sair ilesos desta, cuidando de si e dos seus.

Fique em casa

                  Clique aqui para

                        acompanhar 

              nossos infográficos

O Grupo de Pesquisa em Caenorhabditis elegans (GBToxCe) iniciou suas atividades em 10 de maio de 2011. É um dos pouco mais de 10 laboratórios do Brasil que tem larga experiência com a aplicação deste modelo para avaliações farmacológicas e toxicológicas. Várias colaborações foram surgindo ao longo dos anos, tanto de origem nacional como internacional. O grupo, desde sua formação em 2011, vem desenvolvendo diversos estudos e publicando os resultados parciais em congressos científicos da área, particularmente   SBBQ (Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular) e o C. elegans International Meeting (Estados Unidos). Além disso, o grupo vem publicando em revistas internacionais e crescendo em experiência. Um dos principais objetivos do Laboratório é disseminar conhecimento sobre os usos e vantagens do modelo Caenorhabditis elegans no Brasil e formar recursos humanos que tenham habilidades para disseminar o uso de Caenorhabditis elegans.

The Research Group on Caenorhabditis elegans (GBToxCe) started its activities on May 10, 2011. It is one of the less than 10 laboratories in Brazil that has extensive experience with the application of this model for pharmacological and toxicological evaluations. Several collaborations have emerged over the years. Since its formation in 2011, has been developing several studies and publishing the partial results in scientific congresses in the area, including the C. elegans International Meeting (United States). In addition, the group has been publishing in international journals and growing in experience. One of the main objectives of the Laboratory is to disseminate knowledge about the uses and advantages of the Caenorhabditis elegans model in Brazil and to train human resources that have skills to disseminate the use of Caenorhabditis elegans.

 

 

 

Sobre o Grupo de Pesquisa

About the Research Group

 QUE É UM Caenorhabditis elegans?

 Clique aqui para descobrir

 

  Membros / Members  

Muitas pessoas já passaram pelo laboratório, desde alunos do ensino médio, alunos de iniciação científica, mestrandos, doutorandos, colaboradores e visitantes. 

Many people have already passed by the lab, from high school students, students of scientific initiation, masters, PhD students, collaborators and visitors.

Pesquisadores /

Researchers

EX-MEMBROS /

FORMER MEmBERS

meMBROS ATUAIS /

CUrrent members

Visitantes /

visitors

 
 Projetos / Projects 

Avaliação tóxico-farmacológica de sistemas nanoparticulados preparados com diferentes polímeros em Caenorhabditis elegans.

Avaliação dos mecanismos de atraso da progressão da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) pela ingestão de trealose ou vitamina E em Caenorhabditis elegans.

Avaliação dos efeitos neurotóxicos do ferro in vivo em Caenorhabditis elegans.

Avaliação do potencial e dos mecanismos antioxidantes e toxicológicos de compostos orgânicos de selênio e telúrio em Caenorhabditis elegans.

Comparação toxicológica de defensivos agrícolas e seus compostos ativos em Caenorhabditis elegans.

Avaliação dos efeitos tóxicos da exposição inalatória ao tolueno em modelo alternativo Caenorhabditis elegans.

Avaliação da relação entre a exposição ao manganes e o desenvolvimento de doenças neurodegenerativas no modelo Caenorhabditis elegans.

Investigação do efeito antioxidante de extratos de frutas nativas na longevidade e resistência ao estresse em Caenorhabditis elegans.

Avaliação ecotoxicológica do rio Uruguai e efluentes pré e pós aplicação de pesticidas utilizando Caenorhabditis elegans como biomonitor.  

Avaliação de segurança de nanopesticidas em um modelo não-alvo Caenorhabditis elegans. 

Avaliação do extrato da Ayahuasca em Caenorhabditis elegans: o que a planta maestro tem à revelar?

 
 Principais   Publicações  /    Main   Publications 
2.png
1.png
  Parcerias   /   Partnerships   
11.png
2.png
3.png
4.png
5.png
6.png
7.png
8.png
10.png
9.png
1 1.png
1 2.png
1 3.png
1 4.png
1 5.png
 

Contact us

(55) 39110200

Ramal 4841

BR 472, Km 592, caixa postal 118

Laboratório 435

Uruguaiana-RS- Brasil

daianaavila@unipampa.edu.br

Nome *

Email *

Assunto

Mensagem

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter